domingo, 6 de março de 2011

Sporting CP - Beira Mar, Crónica.

Bem, e lá acabou o ciclo negro do Sporting... pelo menos em termos de resultados, porque o Futebol praticado continua a roçar o mau.

O Sporting entrava forte no jogo, a ocupar o meio-campo do Beira-Mar. O problema estava no ritmo imposto, na falta de dinâmica no ataque. O problema é que não se conseguiam criar oportunidades de golo, e tivemos que esperar por algumas individualidades para haver algum perigo, pois colectivamente não faziam nada de jeito. Aos 18 minutos, golo anulado ao Beira-Mar - bem anulado, diga-se de passagem. Aos 21 minutos, Salomão manda ao poste! Mais um para a conta...

Essa ocasião foi como um "boost" para a equipa. Aos 23 minutos, Yannick esteve muito perto do golo. Boa jogada, bom remate e grande, grande defesa! Depois aos 38 minutos - após um cruzamento de Valdés - Postiga conseguiu cabecear, mas foi à figura. Já perto do intervalo, aparecia novamente Salomão. Num remate cruzado, quase que fazia o primeiro golo da noite - a bola passou rente à trave.

Chegava a segunda parte e aparecia um Beira-Mar mais forte. Aos 59 minutos, Artur quase que gelava Alvalade. Bom remate que passou rente ao poste! Depois foi Élio, aos 62 minutos. Após grandes facilidades na área do Sporting, o jogador do Beira-Mar rematou muito por cima... Que falhanço.

Couceiro mudava o esquema - agora para 4x4x2. Tirava de campo Salomão (curiosamente estava a ser dos melhores elementos do clube verde e branco) e Valdés, fazendo entrar Cristiano e Saleiro. Não houve grandes melhorias, mas lá chegou o penalti. Aos 77 minutos, Élio joga com o braço e o árbitro sanciona a jogada. É um lance de difícil análise, mas aceita-se a decisão. Para converter a marca de 11 metros, foi chamado Matías. Rematou forte, o GR ainda toca na bola... mas estava feito o 1-0. Tardou, mas foi!

Jogo fraquito, valeu pela vitória. Next.

1 comentário:

tiago SCP disse...

Penso que o Sporting mereceu vencer, gostei da primeira parte e do onze apresentado por Couceiro num esquema à Porto com apenas um médio defensivo e dois de ataque num 4x3x3 bem mais ofensivo que o apresentado pelo Paulo Sérgio que mostrou a sua falta de conhecimento de futebol ao utilizar 3 medios defensivos que nem a um clube que luta pela manuntenção se admite.

Quanto aos casos de arbitragem penso que pode haver queixas para os dois lados, o golo anulado ao Beira-Mar por fora de jogo é discutivel graças ao incompetente do Evaldo, o penalty também é discutivel a intenção ou nao mas é aceitavel, por outro lado o Sporting pode se queixar do golo mal anulado ao Postiga já que se encontrava claramente em jogo.

O Sporting foi um justo vencedor mas nao obteve uma vitoria conseguida, ainda assim serviu para acabar com a serie de pessimos resultados que quase ditava o recorde negativo na historia deste clube com mais de 100 anos, aliviando um pouco os sportinguistas.

Cumprimentos