domingo, 7 de agosto de 2011

FC Porto conquista a supertaça com bis de Rolando!

O FC Porto derrotou esta noite o Vitória de Guimarães por 2-1 com um bis de Rolando.
Marcelo Toscano ainda deu alguma esperança aos vitorianos, mas não conseguiu evitar a primeira conquista de Vítor Pereira como treinador principal dos azuis e brancos.
Discutia-se no Estádio Municipal de Aveiro o primeiro troféu da época, a Supertaça Cândido Oliveira, que opunha o campeão nacional ao finalista derrotado da Taça de Portugal ganha precisamente pelos «dragões».

Uma entrada determinada dos azuis e brancos fazia esperar um grande jogo, logo aos dois minutos, numa jogada com "nota artística" protagonizada por João Moutinho e Hulk (um passou de calcanhar e o outro cruzou de letra), Rolando surgiu para finalizar com a cabeça, inaugurando o marcador.
Uma entrada fulgurante do Porto fazia esperar um jogo ao nível do último entre estas duas formações que acabou com 8 golos marcados.
No entanto, o jogo arrefeceu, focando-se a equipa em vantagem a controlar o jogo, já que o Vitória se apresentava com um limitado 4x4x2 clássico, demonstrando muita dificuldade na transição defesa-ataque e não conseguindo trocar a bola de forma correcta (por algumas vezes descabida), fazendo sentir a falta de um jogador como Pedro Mendes, cuja ausência no onze só se pode justificar com problemas físicos do atleta, pois poderá ser peça fundamental para a segurança no jogo do Guimarães .
Não se fazia prever, mas aos 33 minutos, num canto, Marcelo Toscano cabeceou para o fundo das redes e igualou a partida, obrigando o Porto a voltar à carga para retomar a vantagem no encontro.
Tal não demorou muito a acontecer, apenas 7 minutos foram precisos, para que novamente num lance de bola parada os «dragões» saltassem outra vez para a frente do marcador com um bis do central Rolando.

Na segunda parte a partida não foi jogada a um ritmo elevado e teve o Guimarães como natural dominador, tendo em conta a desvantagem no resultado, porém raras foram as vezes que incomodaram a baliza defendida por Helton e só quando a defensiva portista falhava é que isso acontecia, como foi o caso de Rolando que quase ofereceu o golo ao opositor.
Pedro Mendes finalmente entrou e veio dar outra estabilidade na troca de bola à equipa minhota que alimentava a esperança de alcançar o empate, todavia isso não aconteceu e o FC Porto conquista assim o primeiro titulo da época e começa da mesma forma que acabou a anterior, ou seja, a ganhar.

Irá manter o FC Porto a invencibilidade da época passada?O que poderá fazer este Vitória liderado por Manuel Machado?

1 comentário:

CL_Sporting disse...

Podias reenviar o email que nos mandaste? É que estamos com alguns problemas lá e eliminamos o email sem o ler (devido aos problemas)

Abraço e continuação do excelente trabalho